Seguro de saúde como regalia do trabalho

Os benefícios de saúde, nomeadamente o seguro de saúde, são o segundo previlégio a que os portugueses dão mais valor, quando questionados a optarem pelo benefício mais importante que os patrões lhes podem atribuir. Em primeiro lugar aparece destacadíssima a formação.

Os dados são de um estudo internacional – o Kelly Global Workforce Índex, da empresa de gestão de recursos humanos Kelly Services, tendo por base 134mil inquéritos, dos quais mais de 16 mil portugueses. Catorze por cento dos portugueses escolheriam como principal benefício as regalias ligadas à saúde e só um por cento “votava” por seguros de vida.Os previlégios de saúde considerados mais atractivos pelos portugueses que trabalham por conta de outrem foram o seguro de saúde com 66 por cento, escolhido por dois terços, os descontos ou a própria frequência de ginásios, com 13%, ainda exames médicos na empresa (11 por cento) e ainda o exercício na empresa (7 por cento).

Ainda sem comentários.

Deixe um comentário