Episódio 3 – Carências e Coberturas: Treinamento Única Saúde

Seja bem-vindo ao episódio 3 do treinamento exclusivo para corretoras de planos da Única Saúde! Neste artigo, abordaremos um tema fundamental para o entendimento dos planos de saúde: as carências e coberturas. Você aprenderá como esses elementos influenciam na contratação e utilização dos planos, além de obter dicas úteis para orientar seus clientes da melhor maneira possível.

O que são carências e por que são importantes?

As carências são um período de espera estabelecido pelas operadoras de planos de saúde para a utilização de determinados serviços e procedimentos após a contratação do plano. Essa medida visa garantir a sustentabilidade financeira das operadoras e evitar a ocorrência de fraudes.

Durante o período de carência, o beneficiário deverá cumprir uma quantidade mínima de tempo de permanência no plano antes de ter acesso a certos procedimentos, exames ou internações. É importante ressaltar que as carências não se aplicam a todos os serviços, e sua duração pode variar de acordo com o tipo de plano e operadora.

Tipos de carências existentes

Existem três tipos principais de carências nos planos de saúde: carência para consultas e exames simples, carência para procedimentos de alta complexidade e carência para partos. Vamos entender cada um deles:

Carência para consultas e exames simples

Essa carência costuma ser mais curta, geralmente variando entre 24 horas e 30 dias. Durante esse período, os beneficiários não poderão realizar consultas médicas e exames considerados simples, como radiografias e análises clínicas.

Carência para procedimentos de alta complexidade

Os procedimentos de alta complexidade incluem cirurgias, internações e tratamentos mais especializados. Nesses casos, as carências costumam ser um pouco mais longas, podendo variar de 90 a 180 dias, dependendo da operadora e do plano contratado.

Carência para partos

Para as gestantes, é importante observar a carência específica para o parto. Geralmente, ela varia de 300 a 360 dias, ou seja, uma gestante precisa ter o plano há pelo menos esse período antes de poder utilizar uma cobertura para o parto.

É fundamental que você, como corretor de planos, oriente seus clientes sobre as carências existentes nos planos que estão sendo contratados, evitando assim possíveis frustrações e expectativas não atendidas.

Entendendo as coberturas dos planos de saúde

Além das carências, é essencial compreender as coberturas oferecidas pelos planos de saúde. Cada plano possui uma lista de procedimentos e serviços que são cobertos, conforme determinado pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

As coberturas básicas obrigatórias pela ANS incluem consultas médicas, exames laboratoriais e de imagem, internações clínicas e cirúrgicas, partos, entre outros. No entanto, é importante ressaltar que cada plano pode ter coberturas adicionais, como fisioterapia, psicoterapia, tratamentos estéticos, entre outros.

Ao apresentar os planos aos seus clientes, demonstrou-se de explicar detalhadamente quais são as coberturas incluídas, destacando também as coberturas adicionais, caso existam. Isso garantirá uma escolha mais consciente e adequada às necessidades individuais de cada cliente.

Dicas para orientar seus clientes na contratação do plano

Agora que você já compreendeu a importância das carências e das coberturas, é hora de compartilhar algumas dicas valiosas para orientar seus clientes durante a contratação do plano de saúde:

  1. Analisar as necessidades do cliente: Antes de indicar um plano, entenda as demandas específicas do seu cliente, como idade, histórico médico e preferências. Isso ajudará a encontrar o plano mais adequado.
  2. Verifique as redes credenciadas: Certifique-se de que o plano escolhido possui uma ampla rede de médicos, hospitais e clínicas credenciadas, garantindo um atendimento de qualidade e acessível.
  3. Explique as carências e coberturas: Detalhe as carências existentes e as coberturas oferecidas pelo plano, deixando claro que os serviços estão incluídos e quais têm restrições temporais.
  4. Orientar sobre a utilização adequada: Explique aos seus clientes a importância de utilizar o plano de forma adequada, evitando abusos e garantindo sua sustentabilidade a longo prazo.
  5. Esteja disponível para esclarecimentos: Mantenha-se disponível para responder às dúvidas e questionamentos dos seus clientes, oferecendo um atendimento personalizado e confiável.

Seguindo essas dicas, você estará preparado para auxiliar seus clientes na escolha do plano de saúde mais adequado às suas necessidades e garantir uma experiência segura.

Conclusão

Neste artigo, exploramos o tema das carências e coberturas nos planos de saúde. Você aprendeu sobre os diferentes tipos de carências, como coberturas obrigatórias e adicionais dos planos e recebeu dicas importantes para orientar seus clientes na contratação do plano ideal.

Lembre-se sempre de fornecer informações claras e precisas aos seus clientes, garantindo que eles tenham conhecimento completo sobre as carências e coberturas antes de tomar uma decisão.

Seja um corretor de planos de saúde informado e comprometido em oferecer um serviço de qualidade, auxiliando seus clientes a encontrar a proteção e a cobertura de saúde adequadas às suas necessidades.

Perguntas Frequentes

1. Quais são os tipos de carências existentes nos planos de saúde?

Existem três tipos principais de carências: para consultas e exames simples, para procedimentos de alta complexidade e para partos.

2. As carências se aplicam a todos os serviços do plano de saúde?

Não, as carências se aplicam apenas a alguns serviços específicos, como consultas médicas, exames e procedimentos de maior complexidade. Cada serviço pode ter um período de carência diferente.

3. Quais são as coberturas básicas obrigatórias nos planos de saúde?

As coberturas básicas obrigatórias incluem consultas médicas, exames laboratoriais e de imagem, operações clínicas e cirúrgicas internacionais, peças e outros procedimentos específicos pela ANS.

4. Posso contratar um plano de saúde que cubra serviços além das coberturas básicas?

Sim, muitos planos de saúde oferecem coberturas adicionais, como fisioterapia, psicoterapia, tratamentos estéticos, entre outros. Verifique as opções disponíveis junto às operadoras.

5. Como posso garantir uma escolha consciente do plano de saúde?

Analise as necessidades individuais do cliente, verifique as redes credenciadas, explique as carências e coberturas de forma clara e fique atento para dúvidas ao longo do processo de contratação disponível.


✔️ ☞ Contrate um plano de saúde pelo WhatsApp Clicando Aqui
✔️ ☞ Telefone Plantão de Vendas de Plano de Saúde:  (21) 4126-7778
✔️ ☞ Canal do YouTube para corretores do Rio de Janeiro:  Clique e Confira
✔️ ☞ Baixe aqui o Rol da ANS: Download Aqui
✔️ ☞ Telefone da ANS: 0800 701 9656
✔️ ☞ Corretoras Parceiras do Canal:  Riosaude.com  |  CorretoraRJMID.com.br  |  PlanosdeSaudeRJMID.com.br  |  PlanosdeSaudeAdesaoRJ.com.br
#planodesaude #planosdesaude #planosdesauderj #planodesauderj